sexta-feira, 9 de julho de 2010

Sentimentos e areia.

Descobri que sentimentos grudam na pele como areia.
E por vezes incomodam tanto, senão mais que a própria areia.
Descobri também, que a areia saí quando se lava, mas que os sentimentos não.
Descobri que a areia gosta de água salgada. Mais um ponto em comum entre os sentimentos e areia.
Acho que por isso o sentimento nunca saiu. Porque eu o lavava com água salgada, as lágrimas.
Sentimentos são como areia, incomodam e gostam de água salgada.
Talvez eu deva lavar os sentimentos de outra forma.
É. Acho que é isso.

4 comentários:

meus instantes e momentos disse...

um texto de quem chora...
lave os sentimentos com outros sentimentos...a vida é assim, quer assim.
Maurizio

EmileJ disse...

os sentimentos tem a pessima mania, de sair quando eles bem querem. Já a areia nao :)

. Teph . disse...

Texto magnífico.
Concordo com quem comentou primeiro. LAve com outros sentimentos. Talvez ele vá embora..

Rhaissa N. Ramon disse...

Ah que lindo, amei tanto esse texto! Parabéns mesmo.