quinta-feira, 30 de setembro de 2010

E eu achando que o amor, que o amor existia.
E você se calava e sorria... Só ria, só.

2 comentários:

Roben disse...

NOSSA, parece que foi exatamente pra mim esse trecho heim?
vou postar no meu blog ok?

André Walker disse...

... como uma luva